PUBLICIDADE

Fotógrafo das estrelas é acusado de assédio sexual à modelo

Conhecido por ensaios íntimos, Terry Richardson já fotografou Miley Cyrus, Gisele Bündchen, Beyoncé e até o presidente Barack Obama

22 abr 2014 10h15
| atualizado às 10h18
ver comentários
Publicidade
Fotógrafo posa ao lado da cantora Miley Cyrus em bastidores de ensaio
Fotógrafo posa ao lado da cantora Miley Cyrus em bastidores de ensaio
Foto: @terryrichardsonstudio / Instagram / Reprodução

A modelo britânica Emma Appleton acusa o fotógrafo das celebridades Terry Richardson de oferecer a ela um ensaio para a revista Vogue em troca de sexo. Segundo a modelo, a oferta foi feita em sua página do Facebook no último domingo (20) e envolvia uma sessão de fotos em Nova York, nos Estados Unidos, onde vive o fotógrafo. Segundo o site inglês Daily Mail, a porta-voz de Richardson, Candice Marks, afirmou que a mensagem é falsa e negou o envolvimento do fotógrafo no caso. "Isto é obviamente falso. Terry não mandou esta mensagem", disse ao site Buzzfeed. A revista norte-americana Vogue, para a qual o fotógrafo fez um ensaio na edição de fevereiro, preferiu não comentar sobre o episódio.

A modelo publicou a oferta de Richardson em sua página do Instagram, mas acabou deletando a conta depois que uma enxurrada de comentários foi feita em seu perfil. Segundo ela, a mensagem dizia: "if I can f*** you I will book you in ny for a shoot for Vogue" (Se eu puder transar com você, agendarei uma sessão de fotos para a Vogue em Nova York). Diante dos comentários, a modelo respondeu às perguntas que lhe enviaram via Instagram. "Eu perguntei o que e ele disse sim ou não?", escreveu ela para @lewisthegreat. E, completou: "Não, eu não sou sua menina, tchau", teria respondido ela ao fotógrafo.

No entanto, após algumas mensagens serem contrárias à posição da modelo, ela deletou seu perfil após escrever: "Começando a desejar nunca ter postado isso. Não importa quem você é ou o que a indústria é, seja apenas um ser humano decente. O fato de pessoas pensar que isto é aceitável, me deixa muito confusa". Ela ainda respondeu à @carltonyaito: "Eu sou modelo há 5 anos e nunca tinha acontecido isso antes e isso não é ok".

Richardson é conhecido por retratar famosas em poses ousadas e em ensaios íntimos para as maiores revistas de moda do mundo. Entre suas musas estão Lady Gaga, Rihanna, Beyoncé, Gisele Bündchen, Sofia Vergara e Miley Cyrus. Barack Obama e Justin Bieber também já posaram para ele. No entanto, esta não é a primeira vez que o americano é acusado de assédio sexual. Algumas celebridades inclusive chegaram a chamá-lo de "predador sexual".

Apesar disso, o fotógrafo nunca foi processado e nem teve sua ligação provada em nenhuma das alegações. Inclusive, em março, algumas modelos o acusaram de agir de maneira inapropriada em sessões de fotos. Sobre estas acusações antigas, o jornal The New York Post teve acesso a uma carta do fotógrafo em que ele diz que as afirmações são "falsas, cheias de ódio e difamatórias". "Eu escolhi ignorar essas fofocas e falsas acusações lançadas na internet sobre mim. Me dignificar a dar uma resposta seria uma traição ao meu trabalho e ao meu caráter. Quando essas alegações surgiram nos últimos meses, elas pareciam especialmente cruéis e distorcidas, tornando-se nada mais do que uma caça às bruxas e, ao escrever isso, faço uma humilde tentativa em corrigir estes rumores. Sem a minha voz, tudo o que sobra são mentiras", escreveu.

<p>Modelo inglesa Emma Appleton acusa o fotógrafo de mandar mensagem via Facebook oferecendo ensaio para revista de moda em troca de sexo</p>
Modelo inglesa Emma Appleton acusa o fotógrafo de mandar mensagem via Facebook oferecendo ensaio para revista de moda em troca de sexo
Foto: @emmajappleton / Instagram / Reprodução

O comportamento de Richardson é assunto recorrente nos bastidores da moda. Ao site Daily Mail, a modelo dinamarquesa Rie Rasmussen contou que as tops que trabalham com ele "têm muito medo de dizer não porque a agência é quem marca o trabalho e elas são muito novas para se manterem firmes". "Ele escolhe meninas jovens, as manipula para tirarem suas roupas e as fotografa. Elas sempre saem parecendo amedrontadas, abusadas, como viciadas em heroína nas fotos. Não entendo como alguém trabalha com ele", afirma.

Já a modelo canadense Liskula Cohen recusou um ensaio para a Vogue porque os pedidos do fotógrafo se tornaram cada vez mais explícitos, além de ele ter levado para o set amigos seus ao invés de outros modelos para interagirem com a top. "Ele me queria completamente nua e que interpretasse uma cena de sexo com um dos homens também nu", contou. E completou com algumas recomendações que dá às amigas antes de trabalharem com ele: "leve um segurança, fica com suas roupas e, se ele se expor, chame a polícia".

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade