Moda

publicidade
18 de fevereiro de 2013 • 09h42 • atualizado às 09h45

Sutiãs: saiba quando e como é possível ficar sem eles

Apesar de ser peça fundamental no guarda-roupa de todas as mulheres, o sutiã pode ser deixado de lado dependendo do look e ocasião

Não, não se trata de nenhum gesto feminista. Não usar sutiã pode ser uma preferência ou necessidade, a fim de vestir uma roupa um pouco mais decotada. Apesar de ser peça fundamental a todas as mulheres - mesmo as de seios pequenos, pode ser deixada no guarda-roupa e para isso basta uma análise da silhueta e da ocasião.

Vale ressaltar que não usar sutiã não significa mostrar os seios, principalmente os mamilos. Isso está fora de cogitação. Em 2010, a então primeira fama francesa Carla Bruni usou um vestido sem lingerie por baixo e seus mamilos ficaram evidentes sob o tecido.

Decotes muito arrojados já pegaram de surpresa até mesmo recatadas, como a atriz Emma Watson. Sobre o assunto, o Terra conversou com a consultora de imagem Danielle Ferraz que ensina quando e como dispensar a lingerie. Confira dicas a seguir.

1- Tudo bem não usar sutiã, mas com alguns cuidados: é preciso que o volume e formato do busto permitam. Seios muito volumosos e flácidos, por exemplo, pedem sutiã.

2- É fundamental que o look e a ocasião sejam adequados a dispensá-lo. Looks estruturados, tops de suplex e tomara-que-caia são algumas das peças que não exigem sutiã. Já camisetas e camisas pedem sutiã, uma vez que os seios ficam em evidência sem a peça íntima. A não ser que a ideia seja evidenciar o busto!

3- Em trabalhos mais formais, por exemplo, é necessário o uso do sutiã sob camisas ou blusas. Evidenciar o busto no ambiente de trabalho não é elegante.

4- Mulheres de seios pequenos podem dispensar a lingerie desde que o look não deixe os seios em evidência. Como camisas e camisetas, por exemplo, que marcam mesmo os seios pequenos e evidenciam o busto nos movimentos. Dependendo da ocasião chama a atenção de maneira deselegante.

5- Se a roupa e ocasião permitirem dispensar o sutiã, ainda é preciso ficar atenta aos mamilos. Tenha certeza de que não ficarão aparentes ou em evidência, principalmente no ambiente de trabalho ou em situações em que chamar a atenção para os seios possa ser deselegante (um jantar formal com outros casais, por exemplo). Nesse caso elas podem ser usados sutiãs tomara-que-caia, adesivos e até mesmo um band-aid sobre os mamilos para dar o truque e não evidenciá-lo.

6- Evidenciar os seios é uma conhecida forma de sedução. Mas ser sexy é diferente de ser vulgar. A melhor opção é usar um decote que evidencie o colo e parte do seio, no máximo. Além disso, rompe-se a barreira do sexy para o vulgar – principalmente se o decote for acompanhado de pernas em evidência em microssaias.

Milla Jovovich calculou mal a transparência do vestido 
Foto: Getty Images

7- Mulheres de seios grandes, mesmo que não precisem segurar os seios, podem sair sem sutiã desde que a roupa e a situação permitam. Bojos costurados na roupa ou adesivos que escondem os mamilos são bons recursos. Lembrando que o bojo acrescenta volume. Já os adesivos “disfarçam” os mamilos, mas não “sustentam” seios muito grandes. É preciso experimentar e ver o mais adequado e confortável para cada mulher.

8- As alças de sutiã de renda ou trabalhadas podem ser um recurso para conferir uma dose extra de estilo a looks modernos. Mas só nesse caso: como um detalhe charmoso e intencional. Aparecer por descuido pode comprometer toda a elegância do look. E alças de silicone, nem pensar – melhor mesmo aderir a um modelo sem alça.

9- Modelos não usam sutiãs em desfile para não atrapalhar o andamento da apresentação, já que trocam de roupas várias vezes e tudo é feito em segundos.

Ponto a Ponto Ideias