SPFW Verão 2011

Moda » SPFW » Verão » SPFW - Verão 2011 » Colunistas » Colunistas

 SPFW acaba com cara e mão brasileiras
14 de junho de 2010 23h23 atualizado em 15 de junho de 2010 às 01h04

Comentários
 
Look do desfile de André Lima, o último do SPFW Foto: Francisco Cepeda/AgNews

Look do desfile de André Lima, o último do SPFW
Foto: Francisco Cepeda/AgNews

Rosângela Espinossi
Direto de São Paulo

Como disse Ronaldo Fraga em seu release, ele quer um Brasil feito à mão. E o último dia da 29ª edição da São Paulo Fashion Week, com o desfile dele inclusive, mostrou isso. E confirmou o artesanato com uma tendência não só de verão, mas de moda brasileira mesmo, para todas as estações. Os primorosos bordados feitos pelas bordadeiras de Passira, do Agreste Pernambucano, embelezou o dia, com pontos-cheio, crivos, pontos-sombra, renda renascença. E a estreante Fernanda Yamamoto também fez lindos vestidos em gazar de seda lixados, num rico trabalho com cara de artesanal, que transmitam transparência suave, leveza e uma boa aposta para o "fashion-made-in-Brazil". Menina mesmo de futuro.

A veterana Gloria Coelho, com sua coleção feita a partir de uma infinidade de tiras de cetim duro misturadas a outros panos mais suaves também provou que a rigidez de uma peça pode ser suavizada com cristais e transparências.

E os dois desfiles masculinos do dia. Alexandre Herchcovitch, com seus Charles Chaplin amarronzados e enxadrezados, com náilons e calças mais curtas. E com uma Shirley Mallamann quase disfarçada, ratificando esse vontade andrógina que tem se instalado na moda masculina. E a V.ROM, que voltou depois de duas estações ausentes, veio com seus homens de branco, preto, xadrezes grandes e pequenos em P&B e apenas um de amarelo. No fim de tudo, para encerrar a festa, a exuberância e o exagero latino de André Lima, com suas saias com balonês enormes, seus laços e moulages que davam um tom assimétrico e volumoso aos corpos. Um grand finale para a moda brasileira. E a se contar pelas influências de nossa cultura o Brasil tem e está na moda. Agora é só esperar o frio passar para ver o verão chegar às vitrines.

Especial para Terra