Iesa Rodrigues

› Moda › SPFW › Verão › SPFW - Verão 2010 › Iesa Rodrigues

Iesa Rodrigues

Quinta, 18 de junho de 2009, 14h09 Atualizada às 23h35

Iódice cria roupa para usar no mundo

Iesa Rodrigues Valdemar Iodice cumpriu a missão de reviver o encanto destas contas do mar. Havia colares, gargantilhas e pulseiras poderosas, de pérolas em vários tamanhos e cores, e cores esmaecidas, madreperoladas. E acaba aí o tema, porque o que se viu foram vestidos curtos, drapeados com asimetrias de cortes e alças, em tons azuis-escuros (fundo do mar?), marfim (ostras), verdes-claros (água) e vermelhos (óbvio: corais). Esta combinação marinha deu efeito sensual, moderno e muito bonito, principalmente na série de abertura, de saias curtas, camisetas em georgete clarinho, com casaco solto por cima. Chique, fácil de usar.

» Veja mais fotos do desfile da Iódice
» Assista a trechos do desfile da Iódice
» Iódice usa o requinte da pérola para construir seu verão

Já os vestidos em tom de pele, estruturados por cortes anatômicos, que realçam a silhueta, não são para qualquer uma. Na dúvida, escolhemos um vestido drapeado em estampa de serpente.

Outro ponto importante: a calça. Em seda ou chamois, folgada nos quadris, mas com corte de alfaiataria, estreita na barra, é a grande opção para os vestidos longos e para as grandes ocasiões. E têm a versatilidade de encararem um dia de trabalho para aquelas executivas globalizadas.


Iesa está na área da moda desde o final dos anos 60, quando começou no Jornal do Brasil como ilustradora. Passou para a produção e redação nos anos 70. Trabalhou na revista Desfile, na sucursal das femininas da Editora Abril em 80, mas voltou ao JB como editora da revista Domingo.

Há 12 anos abriu o site www.estiloiesa.com.br e em 2001 criou o curso de Jornalismo de Moda no Senac Rio.

Especial para Terra

Carlos Zambrotti/AgNews
Iódice faz verão com vestidos drapeados e assimétricos
Iódice faz verão com vestidos drapeados e assimétricos

Busque outras notícias no Terra