3 eventos ao vivo
Logo do Desfiles
Foto: terra

Desfiles

Ronaldo Fraga protesta contra concreto das cidades no SPFW

Antes do desfile, cachorro e treinador entraram na passarela para passar a mensagem: 'animal não é grife. Adote, não compre'

5 nov 2014
17h41
atualizado às 21h36
  • separator
  • comentários

Os desfiles de Ronaldo Fraga nunca são tradicionais. Apesar da passarela toda branca antes de começar, o estilista mineiro conseguiu surpreender mais uma vez. Antecipando as modelos, um treinador de cães e um cachorro entraram exibindo a frase: "Animal não é grife. Adote, não compre"; ação promovida pelo Projeto Esperança Animal.

Siga Terra Estilo no Twitter

Mensagem passada, plateia aplaudindo, começa o show. No piano ao fundo, a cantora Cida Moreira com um caftã de bolas vermelhas. No chão até então branco, imagens refletidas de um rosto feminino pintado de vermelho.

Ao som de Geni , de Chico Buarque, as modelos começam a entrar pintadas de vermelho e com dois olhos desenhados na testa. Todas as modelos, inclusive Renata Kuerten, entraram com os corpos pintados pelo maquiador Marcos Costa.

Foi mais uma desfile manifesto de Ronaldo Fraga, batizado de "Cidade Sonâmbula". Inspirado em manifestações em todo o Brasil em defesa de lugares históricos, como o do Ocupe Estilita, quando pessoas ocuparam o cais de Recife para defender um fragmento da história de Pernambuco.

Com esses elementos e relembrando outros, ele trouxe peças de shape retos e verticalizados, como os prédios das grandes metrópoles.

Cinza, grafite, gelo e asfalto foram as cores escolhidas por ele, refletindo as cidades "vestidas com texturas impermeáveis adornadas com árvores de plástico de maquetes de arquitetura", desabafa em seu material de divulgação. Para tingir tudo isso, pingos de vermelho sangue.

Mas Ronaldo sabe fazer isso com poesia e maestria, afinando a silhueta feminina, ele que já fez muitas roupas mais largas e quadradas, uma moda urbana leve e elegante, construída com seda, algodão, viscose e rendas também com aplicações de cristais.

Tricôs de papel e fitas VHS traziam peças mais estruturadas, brancas, como o vestido final de Renata Kuerten.

Esse tricôs podiam vir misturados a peças mais leves, mais fluidas, mas sempre mais ajustadas e com cintura em evidência. Tendência que ele segue, apesar de seu desfile-protesto.

Em meio a tudo isso, estampas de prédios, de pessoas, de bocas abertas, de palhaço e de caras com rostos com quatro olhos. "Fingindo nunca dormir, são cidades sonâmbulas", diz.

Só mesmo Ronaldo Fraga para mostrar com poesia e informação, uma moda absolutamente usável e desejada.

Foto: Marcelo Pereira/Frame / Divulgação
Foto: Marcelo Pereira/Frame / Divulgação

Fotos: Marcelo Pereira/Frame

SPFW Inverno 2015
A edição de inverno 2015 do SPFW terá ao todo 38 desfiles, incluindo a estreia de algumas marcas mineiras e uma carioca, já que o Fashion Rio pulou a estação e volta apenas para as coleções de verão.

Prestes a completar 20 anos em 2015, o evento conta com a presença da übermodel Gisele Bündchen , que desfilou para a Colcci na terça-feira (4); e das estilistas internacionais Donatella Versace e Stella McCartney, que vieram ao Brasil especialmente para lançar suas coleções com fast shops brasileiras.

O Terra transmite, mais uma vez ao vivo e com exclusividade na web, todos os desfiles do São Paulo Fashion Week realizados no Parque Cândido Portinari, entre os dias 3 e 7 de novembro. Com a parceria entre Terra e Fashion Forward (FFW), do Grupo Luminosidade, os internautas já puderam acompanhar quatro edições do SPFW e do Fashion Rio, os maiores eventos de moda do País.

Confira o antes e depois de salários e medidas das modelos Confira o antes e depois de salários e medidas das modelos

Duelo de Famosas x Anônimas no SPFW Inverno 2015 Duelo de Famosas x Anônimas no SPFW Inverno 2015

Especial para Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade