5 eventos ao vivo
Logo do Desfiles
Foto: terra

Desfiles

Fernanda Yamamoto coloca avó e mulheres rendeiras em desfile

Estilistas trabalhou com artesãs do Cariri, na Paraíba, que também desfilaram depois das modelos

22 out 2015
17h54
atualizado em 26/10/2015 às 08h24
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Fernanda Yamamoto traz rendas para sua apresentação no SPFW Inverno de 2016
Fernanda Yamamoto traz rendas para sua apresentação no SPFW Inverno de 2016
Foto: Rodrigo Moraes / Futura Press

Fernanda Yamamoto levou ao pé da letra a ideia de trabalhar com as rendeiras do Cariri, região a 250 km de João Pessoa, capital da Paraíba. A estilista viajou sete vezes para o local, onde as mulheres, há gerações, passam de uma para a outra a arte de fazer a renda renascença com suas tradicionais flores. Fernanda trabalhou com elas para criar novas imagens, principalmente geométricas e desconstruídas, uma ousadia que deu certo.

Siga o Terra Estilo no Twitter

O trabalho final foi apresentado na tarde desta quinta-feira (22), no prédio da Bienal do Ibirapuera, com modelos e também com as próprias mulheres rendeiras vestindo suas criações. Recado: as roupas feitas por elas podem ser usadas por todas as mulheres, ok? No final, até mesmo a avó de Fernanda, Michiko Yamanish, 83 anos, também deu sua primeira volta pela passarela, emocionada.

A estilista usou rendas de diversas formas para compor sua coleção
A estilista usou rendas de diversas formas para compor sua coleção
Foto: Rodrigo Moraes / Futura Press

A estilista sempre foi minuciosa em relação à construção e arquitetura das roupas. Dessa vez, com uma silhueta mais solta e reta, com pouco volume, o foco era o trabalho das rendas, inteiras, sobrepostas, em camadas em detalhes. Juntos com elas, tramados em feltros de lã e couro, material também usado em casacos, esses, sim, com algum volume.

Fernanda Yamamoto colocou mulheres rendeiras para desfilar no SPFW
Fernanda Yamamoto colocou mulheres rendeiras para desfilar no SPFW
Foto: Rodrigo Moraes / Futura Press

Em cores que variavam das terrosas, do cinza ao branco, Fernanda também propõe um inverno solar, com as cores agrestes e também com verdes, azuis e pinks em trabalhos de tye-die, que podem ser usados no frio, no calor e no clima temperado. Uma roupa atemporal, para mulheres de todas as idades e de todos os corpos. As mulheres que tecem com magia esse artesanato feito de algodão e alma.

Avó da estilista, Michiko Yamanish, 83 anos, também entrou na passarela do SPFW
Avó da estilista, Michiko Yamanish, 83 anos, também entrou na passarela do SPFW
Foto: Rodrigo Moraes / Futura Press

Make

Para acompanhar a tendência, o beauty artist Marcos Costa apostou em tranças. Foram 35 modelos com um look trançado diferente, incluindo trança escama de peixe, trança normal, várias tranças juntas. "Tranças são uma solução simples para fazer contraponto com make carregado", ensinou Marcos. Elas aparecem com make mais natural para que as roupas fossem as grandes protagonistas da apresentação. E foram!

Cariri, na Paraíba, inspira Fernanda Yamamoto

 

Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade