Desfiles

publicidade
29 de outubro de 2012 • 22h50 • atualizado às 23h57

Com clima fetichista, Ellus leva modelos como policiais ao SPFW

Ellus encerrou o primeiro dia de desfiles do SPFW
Foto: Fernando Borges / Terra
  • Direto de São Paulo
 

A Ellus encerrou o primeiro dia de desfiles do São Paulo Fashion Week, nesta segunda-feira (29), com pouco mais de uma hora de atraso. Com clima e roupas fetichista, a grife colocou 40 modelos e atores no centro da passarela, todos vestidos com roupas policiais, incluindo cap e óculos aviador.

Veja os melhores momentos do SPFW


 

Ao som de Tick of The Clock, a apresentação começou com a top Alicia Kuczman, que desfilou com exclusividade para a grife, usando calça, camisa, botas e o acessório indispensável para a apresentação, o cap.

Mesmo assim, outros itens completaram a linha com indumentária da policia, incluindo correntes com algemas e desenhos de armas e brasões aplicados sobre casacos e sobretudos que faziam referência a esse universo policial.

As peças de alfaiataria dividiram espaço com maxitricôs e combinações de couro contrapostos com seda leve e fluida, lã e chiffon. Reafirmando “o quê” sexy proposto pela grife, as hot pants apareceram combinadas com maxicasacos que faziam referência aos uniformes policiais e botas de cano altíssimo, que chegava até o meio da coxa das modelos.

A cartela de cores não passou do preto, verde e azul em tons escuros, mas destacou peças estampadas em vermelho, branco e preto, estampadas como pele de cobra. O brilho ficou por conta dos tecidos completos de paetês, tecidos naturalmente brilhantes e acetinados. O vernis também apareceu em algumas composições.

A feminilidade foi dada com os pepluns e cortes delicados em um shape que apareceu reto e com cintura marcada através de cintos e rebites. Também apareceram alguns looks mais básicos, tecidos estruturados como armaduras e bolsos. As fendas e decotes viraram centro das atenções dos looks femininos e as golas altas nos looks masculinos, ao lado dos coturnos pretos. Nos pés das modelos, ora botas exageradas e pesadas, ora sapato tipo boneca.

Para arrematar as composições, luvas de couro, colares tipo coleira de metalífero e prata, que também faziam o acabamento de blusas e casacos e maxiclutches, tanto para os homens quanto para as mulheres.

 
SPFW Inverno 2013
Terra, a maior empresa latino-americana de mídia digital, transmite ao vivo os  desfiles de inverno 2013 do  São Paulo Fashion Week, com exclusividade para web, inclusive para tablets, smartphones e TVs conectadas. Entre os dias 29 e 31, os desfiles serão transmitidos direto do Parque Villa-Lobos na capital paulista, pela parceria entre o  Terra e FFW, em um total de cerca de 3 horas durante o evento. Além das transmissões ao vivo, o Terra terá reportagens especiais em vídeo com Isabel Wilker e os blogs da apresentadora de TV Isabella Fiorentino e das jornalistas de moda Iesa Rodrigues, Rosângela Espinossi e Tatiana Sisti.

O maior e mais importante evento de moda da América Latina reúne 19 desfiles em uma edição extra, a terceira de 2012, responsável por finalizar a transição para o novo calendário da moda brasileira. A partir de 2013, os desfiles da coleção verão acontecerão em março de cada ano e os de inverno em outubro. Pulam esta edição as grifes Amapô, André Lima, Iódice, Juliana Jabour, Jefferson Kulig, Cavalera e Animale. Retorna ao evento Maria Garcia, segunda marca da estilista Clô Orozco, da Huis Clos, grife que não se apresenta desta vez.

 

Terra