PUBLICIDADE

Modelos contam o que fariam se padrão da passarela mudasse

Se os padrões das passarelas mudassem, as tops do SPFW contam que não engordariam para manter carreira

31 out 2013 15h26
| atualizado às 15h26
ver comentários
Publicidade

Elas são magras, altas e com estrutura óssea estreita e, por isso, estão nas passarelas mais famosas do mundo. Ao contrário dos comentários que escutam, elas não comem apenas alface ou fazem dietas malucas, apenas tem as características na genética. Mas e se os padrões do universo fashion mudassem? A maioria afirma que escolheria outra profissão. "Sou modelo porque sou assim, não sou assim (magra) porque sou modelo", disse Juliana Mende.

Anna Herrera disse que decidiu ser modelo por ser alta e magra, mas se tivesse que fazer dietas para isso, não seguiria a carreira. "Eu não faço esforço para ser magra, se for para fazer sucesso tem que ser como eu sou", afirmou Karla Corrêa. "Não engordaria, assim como não emagreceria para ser modelo, caso fosse gorda", declarou Mariane Fassarela. Simone Carvalho é da mesma opinião: "faço isso porque dá certo para mim, porque eu sirvo para este mercado".

Pensar em ganhar curvas, 10 kg ou 15 kg está longe da realidade de Letícia Lamb. "Para mim é natural ser magra, se eu tivesse que lutar para ficar gostosona, iria fazer outra coisa", afirmou. Dani Witt também gosta de "ser magrinha" e não mudaria a forma física para se encaixar em um novo padrão. "Sou muito satisfeita com o meu corpo, não mudaria, se não fosse do jeito que eles gostam, trabalharia com outra coisa", disse Rebecca Gobbi.

"Não mudaria minha essência por ninguém, o mercado tem que gostar de você do jeito que é", emendou Flávia Lucini. Já Paola Rahmeier contou que adora o corpo das pin-ups, "estilo Marilyn Monroe", mas como não é a genética dela, não mudaria a forma física. "Ninguém deve mudar o que é para se encaixar em um padrão", segundo Anna Carla Vanini.

"Não sei se conseguiria engordar. Se um trabalho pedisse 20 kg a mais, por exemplo, não faria, porque implica na minha saúde", afirmou Clarice Vitkauskas. Já Milena Golfetto e Letícia Klein disseram que dependeria da situação. "Não mudaria o meu rosto, mas até engordaria um pouco", disse Milena. Como o sonho de Letícia é continuar na carreira de modelo, se os padrões estéticos mudassem, ela "aceitaria se não fosse uma mudança muito grande".

Terra transmite desfiles do SPFW
Terra, a maior empresa latino-americana de mídia digital, transmite ao vivo e com exclusividade para web os desfiles da coleção de inverno 2014 do São Paulo Fashion Week, entre 28 de outubro e 1º de novembro. As transmissões acontecem em parceria com o FFW, do Grupo Luminosidade e responsável pelos principais eventos de moda do Brasil.

<a data-cke-saved-href="http://moda.terra.com.br/infograficos/spfw-inverno-2014-n1/" href="http://moda.terra.com.br/infograficos/spfw-inverno-2014-n1/">SPFW 2014: Vote na n° 1 do SPFW Inverno 2014</a>
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade