PUBLICIDADE

Modelos contam como aprendem a fazer pose e caminhar na passarela

31 out 2013 12h26
| atualizado às 12h26
ver comentários
Publicidade

No início de carreira, as modelos ainda não sabem fazer a pose certa, caminhar de salto alto sem hesitar ou andar em uma passarela de acordo com o contexto desejado pelo designer. Por isso, para não fazer feio na passarela do SPFW, as modelos estudam vídeos de desfiles, ensaios e revistas de moda. "Foi vendo vários vídeos que aprendi, observar é a melhor forma de aprender" disse Clarice Vitkauskas, fã da top Gisele Bündchen. Juliana Mende não sabia andar de salto e aprendeu assistindo desfiles do SPFW: "ficava treinando depois para pegar o jeito e hoje caminho de forma bem tranquila".

"Olho como elas andam, a postura e a atenção. Minha preferida é a Tatijiana Patitis", contou Milena Golfetto, que está pela primeira vez no SPFW. Fã de Gisele, Karla Corrêa acompanha todos os desfiles da top: "observo passarela, pés, pernas e como desfilam". "Já treinei ate com livro na cabeça e fiz poses no espelho", disse Paola Rahmeier. Anna Herrera não se interessava muito por moda, mas aos 16 anos ela passou a analisar revistas do segmento para ver poses e ver desfiles para aprender a postura. "Gosto da Carol Trentini, ela tem presença na passarela", disse.

Já Simone Carvalho se inspira em Adriana Lima e em Agyness Deyn e foi com muito estudo de desfiles que aprendeu a caminhar na passarela. Outro motivo para acompanhar os vídeos de desfiles é a diferença da forma de desfilar para cada tipo de moda. Segundo Dani Witt, "um desfile da Victoria's Secret é mais sensual, um pret-a-porter é mais robozinho e alta-costura é mais lento, com mais glamour", explicou. "Aprendi tudo vendo vídeos e praticando", acrescentou. Ana Carla Vanini também citou a diferença de "passarelas", dependendo do país e cliente. Ela costuma acessar vídeos de desfiles que as amigas comentam. "Me inspiro na Candice Swanepoel", afirmou.

Rebecca Gobbi contou que teve aulas de como desfilar e recebia dicas da equipe da agência. O mesmo aconteçeu com Letícia Lamb: "morria de preguiça, mas meu booker me falava para ver revistas e assistir desfiles, olhar a passada das mulheres, a cara, se estavam rebolando e o movimento dos braços. Hoje vejo que o caminhar é muito particular", comentou.

A argentina Magda Laguinge já esta há anos no mercado fashion, mas confessou que no início da carreira estudou bastante a "passarela" de outras modelos. "Hoje tento me adequar ao que o designer quer", afirmou. Letícia Klein, em sua primeira temporada no SPFW e modelo há poucos meses, passou por um intensivão de desfiles, assistiu a vários, analisou revistas e ensaios. "Antes de vir para cá mesmo a gente estava vendo o desfile da Fernanda Yamamoto", contou.

Terra transmite desfiles do SPFW
Terra, a maior empresa latino-americana de mídia digital, transmite ao vivo e com exclusividade para web os desfiles da coleção de inverno 2014 do São Paulo Fashion Week, entre 28 de outubro e 1º de novembro. As transmissões acontecem em parceria com o FFW, do Grupo Luminosidade e responsável pelos principais eventos de moda do Brasil.

<a data-cke-saved-href="http://moda.terra.com.br/infograficos/spfw-inverno-2014-zoom/" href="http://moda.terra.com.br/infograficos/spfw-inverno-2014-zoom/">Veja looks do SPFW Inverno 2014 em zoom</a>
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade