Moda

publicidade
18 de julho de 2012 • 14h17

Parca, bolero, manteau: aprenda a diferenciar os vários tipos de casacos

Alguns modelos são bastante parecidos, mas os detalhes fazem a diferença
Foto: Divulgação/ Getty Images
 

Na hora do frio, poucas pessoas param na frente do guarda-roupa para pensar o modelo de casaco que vão usar naquele dia. A "fácil" combinação de peças, na maioria das vezes, faz com que elas não levem em consideração se o item é uma parca, um casaqueto, um cardigã ou paletó, por exemplo.

Mas, na hora de comprar um casaco novo, você pode chegar à loja querendo um trench coat, mas pedir para a vendedora um sobretudo. Ou então, querer um paletó, mas pedir ajuda com um blazer. Nessas horas, é importante saber diferenciar os vários modelos de casacos para acertar na compra do item desejado.

Além disso, os diferentes modelos podem ser a melhor escolha para determinadas ocasiões. "Para as situações mais esportivas, os casacos mais curtos e de tecidos como o náilon e o algodão mais grosso, por exemplo, são os mais indicados", alertou a consultora de imagem Milla Mathias. "Já para as situações mais sociais, os mais compridos, tipo trench coat e sobretudo de lã, são as opções que funcionam", acrescentou.

A escolha de cada tipo deve ir de acordo com o estilo e o gosto pessoal. "A elegância tem a ver com o casaco adequado para determinada ocasião. O sobretudo pode ser um casaco extremamente elegante, mas se colocado com tênis e conjunto de moletom fica muito brega", alertou Milla. Conheça cada modelo de casaco:

Blazer: é uma peça avulsa, com lapela da mesma cor - na maioria das vezes -, acinturado ou não, com dois botões e de diferentes comprimentos - abaixo do umbigo, ou até abaixo do bumbum. Ele pode ser usado com qualquer combinação, desde calça jeans até vestidos. "Pode usar quando você quer parecer menos informal", destacou Milla.

Paletó: faz conjunto com a calça do mesmo tecido e da mesma cor, formando o famoso terninho (mulheres) ou costume (homens). "Pode ser de 2, 3 ou 4 botões e deve ser usado em situações formais", disse a consultora.

Perfecto: é um corte de jaqueta mais curto e acinturado. "Na maioria das vezes aplicado às peças de couro. "Deve ser usada por quem tem formato de corpo retilíneo e em situações mais informais."

Trench coat: é um modelo clássico de casaco 3/4, na altura dos joelhos. "O da marca Burberry é o mais famoso. Deve ser usado com peças mais sociais e formais. Se usado com vestidos, devem ser mais curtos do que a saia", disse.

Parca ou anoraque: é um casaco impermeável e tem capuz. "A princípio era utilizado para praticar esportes, mas as pessoas adaptaram para ocasiões mais informais. Hoje usam com calças jeans, de veludo e outras peças informais", explicou.

Casaqueto: é um casaco curto, que pode ter corte reto ou acinturado. "Dá para ser usado em ocasiões mais esportivas ou sociais, tudo depende do tecido. Um casaqueto famoso é o modelo Chanel, usado incialmente com os tailleurs", disse.

Cardigã: é um casaco leve - de algodão ou lã -, com botões ou zíperes. "Ele pode ser usado tanto em situações informais quanto formais. O que vai indicar são as cores e os detalhes dos botões, zíperes, listras e tipo de golas", detalhou.

Bolero: é uma peça que termina logo abaixo dos seios. "Pode-se dizer que é um spencer mais curtinho. Deve ser evitado por quem tem muito seio, está acima do peso e tem o quadril largo", acrescentou.

Suéter: é o cardigã sem zíper ou botões, geralmente mais largos e compridos. Por serem frescos, muitas mulheres optam por usar até mesmo no verão, combinados com shorts.

Pulôver: é muito parecido com o suéter, mas um pouco mais justo ao corpo. Ele pode ser usado por cima de camisas, com mangas e golas dobradas para o lado de fora.

Doudounes: são casacos de náilon acolchoados, longos ou curtos. "São totalmente esportivos", destacou.

Manteau: é uma capa longa, como os trench coats e sobretudos, de lã fina. "Na maioria das vezes tem o corte reto e não tem muitos detalhes.”

Sobretudo: é um casaco comprido de corte reto e de lã grossa, o que deixa a peça mais pesada. Ele é responsável por cobrir toda a roupa.

Spencer: tem tanto o corte quanto o tecido semelhantes com os dos blazers, mas é mais moderno, terminando um pouco abaixo da linha da cintura.

Jaqueta: é um casaco nem curto nem longo, menos formal, com zíper ou botão e que pode ser de vários tecidos, como náilon, algodão, moletom e jeans.

Varsity jacket: é uma jaqueta com sinais e emblemas de faculdades e times esportivos, que cria o estilo college. Hoje ela pode ser combinada com calças até vestidos, saias e meia-calça.

Saharienne: o corte é quadrado, com detalhes de bolsos e cordões, que lembram os trajes usados na savana africana. Pode ser considerada uma versão feminina do uniforme dos soldados ingleses. O modelo ganhou destaque depois que YSL lançou sua versão, em 1968.

Terra Terra