Moda Carioca
 
 

Moda » Moda Carioca » Moda Carioca - Verão » Moda Carioca - Verão 2012 » Moda Carioca - Verão 2012

 Jovem com síndrome de Down vira tiete e "famosa" no FR
04 de junho de 2011 22h35

Comentários
 
 . Foto: Alex Palarea/AgNews

"Famosa", Mayara já ganhou um cachecol da consultora de moda Costanza Pascolato
Foto: Alex Palarea/AgNews

Priscila Tieppo
Direto do Rio de Janeiro

Mayara Mires Teixeira tem 24 anos e adora ir a eventos para fotografar com famosos e ídolos do esporte. Portadora da síndrome de Down, a jovem está sempre acompanhada pela mãe, seja em jogos de futebol ou vôlei - seus esportes preferidos -, pré-estreias ou eventos como o Fashion Rio, que termina neste sábado (4), na capital fluminense. Além de tietar, Mayara também foi "tietada" por famosos nos bastidores do Píer Mauá.

Veja as melhores imagens do Fashion Rio

Joselice dos Santos Teixeira, mãe de Mayara, admite que por ela não iria a lugar nenhum, mas como sabe que a filha gosta, faz por ela. "Se eu não fizer isso, ela será um bichinho do mato, não vai sair de casa, não conhecerá pessoas. Graças a Deus, todos os lugares em que a gente vai, as portas estão abertas, nunca tivemos grandes dificuldades. O pessoal já a conhece", disse.

E é verdade. A menina é parada por onde passa e recebida com festa pelos famosos que já a conhecem. Durante a conversa com o Terra, Mayara usava um cachecol que ganhou de presente da consultora de moda Costanza Pascolato. "Ela adora a minha filha, sempre manda presentes para ela", contou a mãe.

A tietagem
Nesta edição do Fashion Rio, ela já tirou tietou a apresentadora Adriana Bombom, as atrizes Emanuelle Araújo e Cris Vianna, a top Aline Weber, entre outros. A menina compareceu a todos os dias de desfiles com a mãe e sua câmera inseparável pendurada no pescoço.

"A gente imprime todas as fotos. Daí, quando sabemos que algum artista que ela tem foto vai a algum lugar, a gente leva uma imagem em tamanho maior para ele autografar", afirmou Joselice.

Vascaína e fã da Seleção brasileira de vôlei, Mayara tem um sonho: "eu quero ser jogadora de vôlei". A mãe, porém, disse que só não a coloca para treinar em algum clube por falta de tempo.

"Eu sou sozinha, sou pai e mãe dela. Tive até que tirá-la da natação por falta de tempo", disse.

As duas e um outro filho de Joselice moram na Tijuca, bairro em que a menina estuda em uma escola especial, no Rio de Janeiro. Desde os três meses, quando foi descoberta a síndrome, ela tem acompanhamento médico e a mãe disse que Mayara não tem grandes dificuldades.

"Ela come direitinho, me ajuda em casa, sabe ler e escrever. É um anjo que Deus colocou na minha vida. É ela quem me dá forças", disse.

Fã de Luan Santana e Restart
De tantos ídolos com quem Mayara tem fotos, como Ivete Sangalo, Claudia Leitte, Neymar, os jogadores do Vasco e até do ex-presidente Lula, ela aguarda ansiosamente o dia em que poderia ser fotografada com Luan Santana e com o grupo Restart.

"Amo as músicas deles, ouço sempre", afirmou. Quem sabe em breve e contando com a disposição da mãe, ela não consegue realizar este sonho? "No que depender de mim, vou fazer o que ela quer até o fim da vida. Ela é a minha vida", disse Joselice, emocionada.

Terra