Milão

publicidade
09 de abril de 2012 • 20h42 • atualizado em 09 de Maio de 2012 às 15h42

Raf Simons substitui Galliano na Dior

O desenhista belga Raf Simons reage aos aplausos do público no final de um desfile na Milan Fashion Week, 25 de fevereiro de 2012. Simons está assumindo o cargo de diretor artístico da Christian Dior, disse a grife parisiense na segunda-feira, após meses de especulações sobre quem seria o sucessor de John Galliano, demitido após declarações antissemitas.
Foto: Alessandro Garofalo / Reuters
 

O estilista belga Raf Simons está assumindo o cargo de diretor artístico da Christian Dior, disse a grife parisiense na segunda-feira, após meses de especulações sobre quem seria o sucessor de John Galliano, demitido após declarações antissemitas.

Simons, que antes trabalhou para a grife Jil Sander e é conhecido por suas criações discretas, era considerado um azarão, já que a Dior andou sondando nomes como Marc Jacobs, da Louis Vuitton, e Alber Elbaz, da Lanvin.

Em nota, o belga, de 44 anos, prestou tributo à história da Dior e disse que apresentará em julho sua primeira coleção de alta costura para a grife.

Há mais de um ano o executivo-chefe Sidney Toledano vinha dizendo que a Dior não tinha pressa para encontrar um substituto para Galliano, que pediu desculpas pelo "surto" do começo de 2011, mas desde então não reencontrou seu espaço na indústria.

A direção artística da marca vinha sendo exercida interinamente por Bill Gaytten, ex-assistente de Galliano. O trabalho dele, no entanto, vinha sendo criticado por não ter o mesmo apelo do antecessor, e a Dior nunca escondeu sua intenção de preencher a vaga com um estilista de peso semelhante a Galliano.

A indicação de Simons havia sido antecipada pelo jornal The New York Times, a quem o belga disse: "Sou alguém que assume a responsabilidade. Não sou uma pessoa isolada, quanto mais me conecto às pessoas, mais tenho a sensação de que as coisas funcionam".

(Reportagem de Nicholas Vinocur)

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.