Milão

publicidade
26 de fevereiro de 2012 • 10h04

Inspirada no Império Bizantino, Laura Biagiotti desfila coleção em Milão

Danielle Sousa
Direto de Milão

Laura Biagiotti foi a terceira grife que desfilou neste domingo (26) na semana de moda de Milão outono-inverno 2012/2013. A estilista italiana inspirou-se nas roupas da corte de Teodora, imperatriz do Império Bizantino, definindo a coleção como "a moda, espelho dos tempos, reflete uma nova identidade: a pessoa". A inspiração e conceito pensados por Biagiotti confirmaram mais uma vez a feminilidade das suas criações.

Na passarela, uma cartela de cores variadas e alegre: laranja, verde, azul e ouro, foram algumas das cores escolhidas pela estilista, e também o tradicional "branco Biagiotti".

Laura Biagiotti não abre mão do artesanato italiano nas suas peças. A riqueza dos detalhes pôde ser vista nos casacos e, principalmente, nas peças em cashmere. Aliás, Laura foi declarada pelo jornal New York Times "rainha dos cashmeres", pela qualidade e beleza de suas criações únicas na Itália.

Vestir as mulheres com referencias masculinas também foi uma técnica usada por Laura Biagiotti. Porém, a representação não está nas formas, e sim nos tecidos clássicos, como Príncipe de Gales.

As texturas são variadas, destaque para as peças de chifon plissado, que valoriza a silhueta com ajuda dos cortes e detalhes que revelam o corpo.Os vestidos leves são midi e acentuam as pernas graças ao corte usado pela estilista. Biagiotti sempre leva para suas coleções uma referência da cultura italiana, e não poderia ser diferente desta vez. Ela representou a Itália nas estampas que reproduzem o pavimento da Basílica de São Marco, em Veneza.

O estilo Teodora foi melhor representado pelo casaco-capa em tecido duplo, com detalhes em pele. Destaque também para a saia de flanela e o top bustiê. Para completar, os óculos "mascherina", um clássico da grife, com lentes espelhadas.

Especial para Terra