Moda no Mundo

publicidade
04 de setembro de 2012 • 15h44 • atualizado às 15h46

Aos 80 anos, escocesa é sensação em desfile de moda

Marion Finlayson foi modelo na adolescência e há mais de 50 anos não subia em uma passarela
Foto: Reprodução
 

Escocesa da cidade de Aberdeen, Marion Finlayson subiu na passarela aos 80 anos de idade, depois de mais de cinco décadas longe de desfiles. Ela era modelo na adolescência, mas desistiu da carreira para se casar e se tornar professora, informou o jornal The Sun.

Marion retornou às passarelas como um estímulo para superar a morte do marido, depois de 54 anos de casamento. “Meu marido, Bruce, morreu um ano e meio atrás depois de 54 anos de casados. Era um casamento muito bom e foi muito difícil superar. Mas voltar para a passarela me ajudou muito. Conheci várias pessoas novas, mais jovens e penso que isto é muito bom para mim”, disse.

Mesmo com um público de mais de 400 pessoas, ela comentou que gostou mais de desfilar agora do que quando era jovem, porque atualmente tem mais confiança.  “Eu adorei fazer isto. Não desfilava desde que era uma estudante no fim dos anos de 1940. Sorte minha que hoje não tenho mais nervos, então apenas subi lá e me diverti muito”, brincou.

Com muito bom humor, ela falou também que voltar para o mundo da moda é uma oportunidade de trabalhar com homens mais jovens. “Eu ainda tive um homem musculoso que me acompanhou na passarela”, comentou.

Avó de Antonia, 13 anos, e Andrew, 11, Marion contou que faz exercício para manter a juventude, mas que desfilar é bem mais divertido. “Gosto de estar ativa. Faço yoga, pilates e ginástica toda semana. Meus netos também ajudam, eles não param de correr”.

“Desfilar foi uma coisa diferente e, definitivamente, faria outra vez. Se alguém me convidar, eu vou – é melhor do que fazer ginástica”, completou.

Antes de desfilar, outro desafio enfrentado por Marion foi viajar sem o marido. “Eu costumava ir bastante para a Itália com meu marido, mas depois que ele morreu imaginei que não conseguiria ir sozinha. Mas ganhei muita confiança recentemente e pensei:  ‘Não ficarei em casa, eu vou’. E depois da Itália, conheci também as Ilhas Maurício”, contou.

O desfile especial para moda acima dos 50 anos foi feito pela designer Joyce Young e faz parte de um festival da terceira idade em Aberdeen.

O responsável pelo Conselho Municipal de Assistência Social e Bem-estar de Aberdeem, Len Ironside, disse que pessoas como Marion se envolverem em atividade como a Noite de Moda traz muitos benefícios e diversões a elas. “Eu espero que mais pessoas sigam os passos de Marion e participem dos vários eventos que acontecem na cidade”.

Terra