Moda

publicidade
25 de fevereiro de 2013 • 18h01

"Fazer a sobrancelha dói", diz Alexandre Nero sobre rotina de beleza

Alexandre Nero durante desfile no Mega Polo Moda
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Ele vive seu primeiro personagem metrossexual nas telinhas, com direito a manicure e sobrancelhas feitas. Mas, para Alexandre Nero, cuidar da beleza não é problema. Durante o primeiro dia de desfiles do Mega Polo Moda, que traz as tendências para o outono-inverno 2013 em São Paulo, o ator contou que gosta de se vestir bem, é ligado em moda e se preocupa com a aparência, mas tudo com limite. “Fazer as unhas dói, fazer a sobrancelha dói, tudo dói. Ainda bem que eu não tenho pelo no peito e não preciso depilar“, brincou sobre a nova rotina de beleza para viver Stênio, em Salve Jorge.

Com calça jeans, camiseta, blazer e tênis, Alexandre causou alvoroço ao pisar na passarela e acenar para as fãs que assistiam ao desfile de todos os andares do shopping, no centro da capital paulista. “Eu nunca tinha vindo para cá comprar roupa, não conheço essas marcas, mas gostei muito. E não é só a qualidade, mas também o caimento. Tô levando muita coisa para casa”, contou.

Na hora de se vestir, ele não tem regras e aposta em variedade. “Eu sou um cara que gosto de ficar de chinelo e bermuda, mas também gosto de me vestir bem. O legal é variar, vou passeando por todos os estilos”, disse o ator, que ainda elogiou os looks de seu personagem. “Não me vestiria como ele no dia a dia porque não é meu trabalho, mas se fosse para alguma ocasião especial, sim”, completou.

Assumidamente vaidoso, ele gosta de tendências, mas prefere encarar a passarela como um palco. “Aquilo não foi um desfile, foi uma palhaçada, né? A brincadeira é entreter o público. Eu gosto de moda, gosto dessas coisas, sempre gostei. Acho que esse é um espaço que o homem tem conquistado porque antes era só da mulher”.

Sobre as mulheres, o ator, que está namorando no momento, não tem preferência entre looks, mas acredita que é preciso saber equilibrar roupas e acessórios. “Gosto de mulher de todos os estilos. Acho que a pessoa te que ser o que ela é, mas sem exageros“, opinou.

Terra