1 evento ao vivo

Alessa volta com peças amplas e estampas barrocas

Estilista não compareceu à última edição do evento porque estava grávida e foi barrada pelo médico

8 abr 2014
20h38
atualizado em 9/4/2014 às 09h51
  • separator
  • 0
  • comentários

Alessa Migani voltou. Com seu cabelão, suas roupas esvoaçantes e suas estampas enormes. Explico: na última edição do Fashion Rio, de inverno, Alessa, dona da grife que leva seu nome, ficou em casa porque estava grávida e não teve autorização do médico para acompanhar o desfile. Coincidência ou não, sua coleção na época foi em tons de preto, branco e cinza, com muita alfaiataria e sem muito pano fluido.

Para o verão 2015, ela voltou a ser o que sempre foi. Com o tema Barroco, apostou na estamparia que lembra afrescos de igrejas, painéis com imagens celestiais e de anjos, castiçais e lustres. A parte "religiosa" surgiu em tons claros, azuis, brancos, rosês. A parte barroca, com desenhos dourados sobre fundo preto, ou branco. E, se no inverno a silhueta era mais contida e reta, agora também houve o retorno do amplo. Saias godês, calças e macacões tipo pantalonas e vestidos fluidos, em seda pura com algodão, neoprene e cetim.

Na parte final, tules bordados com paetês formando flores, principalmente em tons azulados, traduziam o brilho da inspiração barroca. Nessa hora, coube também uma saia mais reta, quase tipo lápis. Nos pés, sapatos tipo oxford vêm com revestimento de minipaetês.

E, no fim, a sempre esperada entrada de Alessa, com seus braços abertos, suas piruetas e seus longos cabelos batendo de um lado para outro. Vestia um caftã com estampas de anjos, seguindo o tema da coleção. Sim, Alessa, o retorno, fazendo o que sempre fez.

Terra transmite desfiles do Fashion Rio
O Terra, a maior empresa latino-americana de mídia digital, transmitirá ao vivo e com exclusividade para web os desfiles da coleção de verão 2014/2015 do Fashion Rio, entre 8 e 11 de abril. A transmissão será direto da Marina da Glória, na capital fluminense, e estará disponível inclusive para tablets, smartphones e TVs conectadas.

Fonte: Ponto a Ponto Ideias Ponto a Ponto Ideias
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade