0

Estilista italiana critica roupas da filha de Kim Kardashian

Margherita Missoni, herdeira e estilista da famosa grife italiana Missoni, lança linha infantil e critica roupas de adulto usadas pela pequena North West

10 mar 2015
11h01
atualizado às 11h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Kim veste a filha North West com roupas parecidas com as suas
Kim veste a filha North West com roupas parecidas com as suas
Foto: Getty Images

Margherita Missoni, herdeira e estilista da famosa grife italiana Missoni, acaba de lançar sua própria marca infantil, batizada com seu nome, Margherita Kids. Segundo ela, a grife infantil pretende manter uma identidade de peças confortáveis, práticas e de preço mais acessível do que as roupas adultas.

Siga Terra Estilo no Twitter

Em entrevista ao site Yahoo! Style, a estilista criticou crianças que se vestem como adultos e exageram nas referências de moda, como North West, filha única de Kim Kardashian e Kanye West. Perguntada se vestiria seu filho Otto, de um ano e meio, da mesma maneira, ela disse: "Não, nunca. Você tem a vida toda para ser um adulto e se vestir como um, então deve ser criança o máximo que puder".

Ela ressaltou que entrou neste mercado justamente porque adora as roupas infantis por serem "diferentes" das peças de gente grande. Atitude bem diferente de uma das maiores celebridades atuais, já que Kim Kardashian veste a filha de quase de dois anos com casacos de pele, looks parecidos aos seus, e a leva junto para primeiras filas de desfile de grandes semanas de moda. Recentemente, a pequena não aguentou e abriu o berreiro ao lado de Beyoncé e Anna Wintour durante a apresentação da linha do pai em parceria com a Adidas, em Nova York.

A estilista interage com as crianças em sessão de fotos e diz priorizar "conforto e liberdade" das roupas infantis
A estilista interage com as crianças em sessão de fotos e diz priorizar "conforto e liberdade" das roupas infantis
Foto: @margherita_kids / Instagram / Reprodução

A primeira linha da Margherita Kids tem 70 peças para meninos e meninas com preços entre 30  e 80 libras (aproximadamente entre R$ 140 e R$ 375). "As roupas são feitas para eles se sentirem livres. É ridículo isso de muitas marcas fazerem roupas que não deixam as crianças se movimentarem e ainda por cima roupas que seus pais também poderiam usar", argumenta a estilista.

A Missoni, grife italiana fundada em 1953 pelos avós da estilista, já vende roupas infantis há um tempo, mas com preços muito superiores tendo peças que chegam a 678 libras (aproximadamente R$ 3.174).

 

Veja também:

Em vídeo antigo, Gisele lembra concurso que a revelou
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade