0

Empresa cria linha de roupas que protegem mulheres de abuso sexual

Cinto de castidade moderno teria estrutura reforçada, que não poderia ser cortada ou rasgada e nem puxada para baixo

29 out 2013
17h59
atualizado às 17h59
  • separator
  • comentários

A empresa de vestuário AR Wear está desenvolvendo uma linha de roupas que promete proteger as mulheres de abuso sexual. Os cintos de castidade modernos são calcinhas, short e bermudas reforçados, que não poderiam ser cortados ou rasgados e nem puxados para baixo.

“Desenvolvemos o produto para que as mulheres e meninas possam ter mais poder de controlar o resultado de uma agressão sexual. Conclui-se que uma peça de roupa que cria uma camada de barreira eficaz pode permitir que as mulheres e meninas resistam passivamente a um atacante”, afirmou a empresa ao site The Gloss.

O projeto tem uma página no Indiegogo, em que pede doações para finalizar os protótipos. Por enquanto, conseguiram pouco menos de US$ 3 mil (menos de R$ 6,5 mil), do objetivo de US$ 50 mil (R$ 109,2 mil). Depois de finalizar os protótipos, vão começar outra campanha de arrecadação para criar a linha.

<a data-cke-saved-href="http://moda.terra.com.br/infograficos/aposte-fuja/" href="http://moda.terra.com.br/infograficos/aposte-fuja/">APOSTE X FUJA</a>
Ponto a Ponto Ideias

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade