publicidade
10 de julho de 2012 • 07h52

Confira 12 dicas para usar saias e vestidos mullet

Famosas investem na tendência das saias e vestidos mullet aparece
Foto: Agnews/Getty Images
 

O comprimento mullet está em evidência. Mas você sabe como usar saias e vestidos com a parte da frente menor que a de trás? Para evitar erros, confira abaixo 12 dicas fundamentais da consultora de imagem pessoal e corporativa Marcele Goes, da Estilo Sob Medida. Depois, clique na aba de fotos e veja os looks das famosas.

1. O comprimento mullet confere irreverência ao visual, provocada pela assimetria. Combina com ocasiões em que se possa ousar, que não sejam extremamente formais;

2. Esse tipo de comprimento cai melhor em mulheres mais jovens. Quando o assunto é tipo físico, combina mais com pessoas de pernas longas. Gordinhas devem evitá-lo;

3. Deve-se usá-lo preferencialmente com sapatos ou sandálias de salto para alongar a silhueta. O tipo de sapato varia de acordo com o material da saia e o comprimento. Por exemplo, modelos com a frente bem curta podem ser usados com sapatos Mary Jane (de bico arredondado e tira que prende o dorso do pé), ankle boots, escarpins. Os de comprimento maior na frente pedem sapatos que deixem o peito do pé livre, como o escarpim;

4. As peças com pouca assimetria entre a parte da frente e a de trás, e com corte mais reto são mais democráticas. As com bastante assimetria e volumosas, por sua vez, favorecem mulheres com pernas mais longas e pouco quadril;

5. O comprimento de trás não influencia muito na ocasião. O comprimento da frente segue a linha de raciocínio da saia comum: curto é mais casual e, próximo ao joelho, mais formal;

6. Os tecidos que mais combinam com saias e vestidos mullet são os maleáveis e de aspecto elegante, como cambraias de viscose, seda, algodão, cetim de seda, viscocrepe, gaze de viscose;

7. As peças não precisam ser amplas, mas devem ser soltinhas para evitar que a assimetria do comprimento seja deformada por algum ponto que ficar justo demais no corpo;

8. Como os modelitos são mais soltos, é importante que a blusa seja mais sequinha ou tenha um caimento mais fluido, sem fazer volume. Ela costuma ficar por dentro da saia, mas isso não é uma regra;

9. Quanto mais quadril e menos altura a pessoa tiver, mais sutil deve ser a diferença entre os comprimentos;

10. Para quem tem bastante quadril, é melhor optar por modelos lisos e mais escuros. Quem quer aumentar essa região pode escolher itens claros, lisos ou estampados;

11. Os comprimentos mais curtos na frente favorecem quem tem pouca altura;

12. As mulheres altas podem abusar das saias que têm bastante volume e assimetria.

Ponto a Ponto Ideias